As 3 Reais Causas Do Ganho De Peso (Parte 3/3)

“O primeiro passo para a solução é se entender a CAUSA do problema.”

Tempo de leitura6 minutos.

Importante: Se você ainda não viu as partes 1 e 2, faça isso primeiro para não se perder. Clique aqui para ver a parte 1 e aqui para ver a parte 2.

Hoje, na terceira e última parte da série você vai aprender:

  • interrogacao2Como algo que não tem absolutamente nada a ver com comida pode estar te engordando e dificultando sua vida pra emagrecer.
  • O “Diagrama Da Fogueira Do Emagrecimento” que resume de forma visual e simples o porquê de você estar engordando e tendo dificuldades para emagrecer.
  • Ainda no Diagrama Da Fogueira, você vai ver quais são os 2 pontos certeiros onde se encontra a solução para REVERTER sua situação, desbloquear a queima de gordura e reconquistar a boa forma que é sua de direito, com certeza científica.
  • Uma palavra rápida sobre o que está por vir em breve (e que pode transformar sua vida e corpo…).

test9

test13

O Que Vimos Até Agora…

Bom, para refrescar a memória, nós vimos até agora as 2 principais causas do ganho de peso e elas são:

  • A insulina
  • A resistência a insulina

A primeira causa pode ser solucionada focando-se em O QUE comemos (na QUALIDADE da nossa alimentação) e a segunda causa pode ser solucionada mais rapidamente focando-se em QUANDO comemos (na FREQUÊNCIA da nossa alimentação).

Vimos também conclusivamente que comer pouco, se exercitar mais ou comer diversas refeições pequenas por dia é receita para fracasso certo.

A Terceira Causa Do Ganho De Peso

Agora, conforme prometido, para fecharmos quero te contar qual é a terceira principal causa para o ganho de peso e já adianto que não tem nada a ver com comida.

Ela é: o hormônio cortisol.

O cortisol é conhecido como o “hormônio do estresse” e prepara nosso corpo para situações estressantes no geral.

Um das principais formas como ele faz isso é liberando glicose na corrente sanguínea.

Glicose (açúcar no sangue) gera o estímulo da insulina e insulina, como vimos, promove o ganho de peso e bloqueia a queima de gordura.

cushings
Doença de Cushing’s

Veja, um estudo feito pela Universidade de New South Wales, na Austrália, mostra que injetando-se 50mg de cortisol sintético em pessoas normais e saudáveis 4 vezes por dia por 5 dias faz com que os níveis de insulina no sangue subam em 36%. [1]

Mais insulina = Mais ganho de peso = Mais dificuldades para emagrecer

Ainda, veja que interessante. Existe uma doença chamada de Cushing’s onde existe uma super-produção de cortisol no corpo.

Agora, o que é interessante notar é que uma das principais características desta doença é o ganho de peso. [2]

Agora, se o aumento de cortisol aumenta insulina, a diminuição do mesmo deveria causar uma queda na insulina, certo?

Um estudo publicado que examinou pacientes que vêm há um longo tempo sendo suplementados com cortisol sintético, observou que a redução desta medicação gerou uma diminuição de 25% nos níveis de insulina no sangue, sem contar uma perda de peso de 6% e diminuição de 7.7% na circunferência do abdômen. [3]

addisons
Doença de Addisons

Agora, o que será que acontece, por exemplo, se os níveis de cortisol caírem a níveis extremamente baixos?

É isso que acontece com pessoas que têm a doença de Addisons e uma das principais características desta condição é a perda aguda de peso. [4]

Com isso concluímos que cortisol CAUSA também ganho de peso.

Agora, ainda que seja uma causa não tão potente quanto a insulina e a resistência a insulina, é importante saber disso.

O que tende a ajudar neste caso é o que a maioria de nós já sabemos, ou seja, se fazer mudanças no nosso estilo de vida de forma a incluir atividades que nos relaxem ou que de alguma forma aumentem a nossa qualidade de vida.

Fatores estressantes variam muito de pessoa pra pessoa, logo, não há receita mágica que se aplique a todos, porém, há sim diretrizes gerais.

Pra muita gente, o fato de estar acima do peso e não conseguindo emagrecer de vez, vivendo uma vida de luta contra a balança é um dos principais fatores estressantes no dia-a-dia, logo, resolver isso pode aliviar também esta terceira causa.

A solução que vou apresentar muito em breve trata ao mesmo tempo estas 3 causas, formando a estratégia mais poderosa conhecida atualmente para se emagrecer permanentemente. Mais sobre isso depois…

test10

O “Diagrama Da Fogueira Do Emagrecimento”

Agora chegou a hora de resumir tudo de uma forma visual e simples.

Com isso, vai ficar claro pra você como as 3 causas podem estar te mantendo acima do peso e quais são os pontos específicos a serem alterados para se solucioná-las, REVERTER sua situação e emagrecer de vez.

Vamos em frente!

O Problema (porque você está acima do peso)

A insulina elevada no sangue (causa 1) é representada no diagrama por uma fogueira que queima alto.

Fogueira1

Agora, esta fogueira alta, ou seja, níveis altos de insulina no sangue, causa diretamente o ganho de peso, conforme vimos:

Fogueira-Obesidade

Hoje, nós sabemos que o ganho de peso e obesidade estão associados diretamente com muitas doenças e problemas de saúde. Fogueira-Obesidade-doencas

Isso sem contar no estilo de vida de uma pessoa acima do peso, o qual, é afetado de várias formas que pioram ainda mais o problema.

Fogueira-Obesidade-doencas-lifestyle

Logo, com base no diagrama até agora vemos que a fogueira alta (insulina) causa o ganho de peso e que o mesmo está associado à vários problemas de saúde, doenças e obstáculos de estilo de vida.

Sabendo disso é justo nos perguntarmos:

“Mas então, o que faz com que esta fogueira queime alto? Ou seja, o que faz com que a insulina fique alta no sangue?”

Bom, como vimos na primeira parte, o que causa o estímulo da insulina no sangue é a nossa alimentação, ou seja, O QUE comemos.

Agora, todo e qualquer alimento que ingerimos se constitui de um ou mais grupos de macronutrientes.

São eles, os famosos: carboidratos, proteínas e gorduras.

Logo:

Fogueira-macronutrientes

Agora, imagine que a QUALIDADE dos carboidratos, proteínas e gorduras que você ingere nas suas refeições é como se fosse a qualidade do carvão ou lenha que você joga na fogueira.

O modo tradicional de se alimentar e se fazer dieta funciona como um carvão de má qualidade que queima extremamente rápido, quase como pólvora.

test11

Logo, quando você tem sua fogueira queimando alto e joga esse tipo de carvão nela, ela imediatamente começa a queimar ainda bem mais alto e forte.

Agora, imagine que uma alimentação verdadeira e correta para emagrecimento, que foque na QUALIDADE dos alimentos e não na QUANTIDADE funcione como um carvão de extrema qualidade, fazendo com que a fogueira queime baixo e continuamente, naturalmente.

Lembre-se, nós precisamos de insulina pra sobreviver, logo, não queremos “apagar” a fogueira, mas, sim, somente manter ela queimando naturalmente (manter a insulina funcionando normalmente).

Agora, existe um outro elemento importante. Vamos chamá-lo de Sr. Pâncreas.

Fogueira-pancreas

O Sr. Pâncreas possui em mãos uma pá e imagine que ele possua ao seu dispor um estoque de carvão pessoal que ele joga na fogueira.

Agora veja, toda vez que comemos algo, o sr. Pâncreas dá uma pazada no seu monte de carvão e joga na fogueira, fazendo com que ela continue queimando. O “carvão” aqui é o hormônio insulina. Ou seja, cada vez que comemos, o pâncreas libera insulina no sangue.

Isso é simbolizado pelo relógio abaixo. Cada vez que comemos = Mais carvão na fogueira.

Fogueira-pancreas-horario

Ótimo. Agora adicionemos outro amigo ao jogo que iremos chamar de Sr. Controle.

O Sr. Controle fica posicionado bem ao lado da fogueira e tem em mãos um grande sinal de “Pare/Siga”, como aqueles que as vezes vemos no trânsito.

Fogueira-placa

O papel do sr. Controle é sinalizar ao sr. Pâncreas quando é hora de parar de jogar pá de carvão na fogueira.

Se o sr. Controle julga que a fogueira já está em um nível bom, ele mostra o sinal de “Pare” e o sr. Pâncreas para imediatamente de jogar carvão na fogueira, ótimo.

O sr. Controle da nossa metáfora são os hormônios e mecanismos naturais do nosso corpo que se responsabilizam por controlar a ação da insulina no sangue, mantendo-a funcionando como deveria.

Logo, este a seguir seria o funciona normal de tudo:

Temos uma fogueira que nos mantêm aquecidos e essa fogueira queima de acordo com a qualidade de carvão que jogamos nela e o que influencia isso é a nossa alimentação.

Toda vez que comemos, o sr. Pâncreas dá suas pazadas no seu estoque pessoal de carvão e joga na fogueira.

O sr. Controle mantém um olho atento na fogueira e sinaliza para o sr. Pâncreas quando é hora de parar de jogar carvão na fogueira. Ótimo!

Agora vejamos quando os problemas começam a acontecer.

Vimos que o ganho de peso é causado por estímulos anormais e níveis cronicamente altos de insulina no sangue (insulina + resistência a insulina), ou seja, uma “fogueira” que queima alto demais.

Tendo uma alimentação errada (como sugerida pelo governo, mídia e dietas por aí), joga-se mais carvão de má qualidade nesta fogueira, fazendo-a queimar ainda mais alto.

Na nossa analogia, imagine agora que o grande problema aqui é que com essa fogueira queimando alto e fora de controle, ela também faz muita fumaça e isso encobre o sr. Controle que fica bem do lado da fogueira.

Fogueira-fumaca

Agora, qual o problema disso? O problema é que o sr. Pâncreas agora não consegue ver o sr. Controle e continua dando pazadas de carvão e jogando na fogueira.

Ou seja, o pâncreas libera mais e mais insulina no sangue sem controle e as células do corpo começam a ficar resistentes.

Quanto mais ele faz isso, mais ele piora a situação. A fogueira está queimando alto e fazendo um monte de fumaça, logo, jogar mais carvão nela não vai ajudar ela a queimar menos, pelo contrário, irá piorar o problema.

Quando temos essa situação, temos a segunda grande causa do ganho de peso: a resistencia a insulina.

Mais insulina aumenta a resistência e mais resistência aumenta a insulina.

Agora, uma vez que você se encontra neste quadro (e a grande maioria das pessoas obesas e acima do peso se encontram), você começa a se sentir mais fraco, sem ânimo, sem energia, sempre faminto e com uma dificuldade IMENSA para emagrecer.

Se sentindo tão mal, você acaba jogando as frustrações na comida e isso fecha o ciclo desastroso (veja seta abaixo).Fogueira-mais-fome

É por isso que nunca na história humana tanta gente esteve acima do peso e tão doente. Este é um ciclo que vai ladeira abaixo muito rápido e bastante difícil de ser quebrado utilizando os métodos e dietas vigentes.

test12

Rumo A Solução…

Primeiro, recapitulando:

Temos 2 variáveis importantes no ciclo mostradas com as setas vermelhas e elas são:

  • O QUE você come (influencia na insulina)
  • QUANDO você come (influencia na resistencia a insulina)

Fogueira-setas

Logo, TODA VEZ que você se alimenta você vai jogar mais carvão na fogueira e a qualidade deste carvão é a qualidade do que você come.

E A CADA VEZ que você comer, o sr. Pâncreas irá também dar suas próprias pazadas de carvão (insulina) na fogueira.

Ou seja, quanto mais frequentemente você comer, mais frequentemente você jogará carvão direto na fogueira e mais frequentemente as pazadas de carvão serão dadas também.

Agora, para terminar, existe outro elemento no nosso diagrama que irá, acredite, também jogar carvão na fogueira e ele é o nosso estimado Sr. Cortisol.

Fogueira-cortisol

O fato aqui é que níveis altos de cortisol cronicamente no sangue causam o ganho de peso também.

Ainda que seja uma causa secundária de ganho de peso, ela é importante e precisamos incluí-la.

Bom, com este quadro agora completo, a solução começa a ficar clara quando pensamos no seguinte:

Se temos uma fogueira queimando alto e fazendo um monte de fumaça. O que podemos fazer para solucionar esse problema?

Jogar água não é a solução, afinal, não queremos apagar a fogueira por completo, mas, sim, fazer ela voltar a queimar normalmente.

Então, o que podemos fazer primeiro de tudo é parar de jogar carvão nela constantemente, assim, ela vai queimando o que ainda tem pra queimar e começando a abaixar aos poucos.

Porém, como precisamos manter ela queimando, quando tivermos que jogar mais lenha nela, a nossa melhor tacada é jogar uma lenha de alta qualidade para que ela não queime alto nem baixo, mas, sim, normalmente.

Ótimo, então temos 2 ações:

  • Parar de jogar carvão tão seguido na fogueira.
  • E quando jogarmos, que seja um carvão de alta qualidade.

Com isso, a fogueira começará a abaixar, a fumaça começara a diminuir e o sr. Pâncreas novamente conseguirá ver o sr. Controle que agora não mais estará encoberto pela fumaça.

Fogueira-normal

Em outras palavras, ao começarmos a nos alimentar de alimentos de verdade, sem gerar picos insulínicos descontrolados no sangue e diminuirmos também a frequência na qual nos alimentamos (sem seguir balelas ditas por aí como “se alimentar de 3 em 3 horas”, etc):

Nós iremos atacas as 2 grandes causas do ganho de peso e começar a ver resultados quase que ESPANTOSOS de emagrecimento. Tudo naturalmente, saudávelmente e cientificamente comprovado.

test-foto-7

Conclusão e O Que Vem Por Aí…

Este modelo é completamente embasado nas mais avançadas e modernas descobertas científicas ao redor do mundo e, ao meu ver, possibilita que montemos a estratégia mais poderosa e certeira disponível hoje para se emagrecer de vez, rapidamente e naturalmente.

E é justamente isso que eu fiz e que eu vou revelar pra você logo logo.

Vou revelar pra você, pela primeira vez, um novo programa de emagrecimento que é o mais avançado que já criei e esta é a maior novidade desde a publicação do meu livro em 2012!

Meu objetivo é que TODOS que queiram emagrecer DE VEZ tenham acesso ao que REALMENTE funciona pra isso, de forma estruturada, fácil e passo-a-passo.

Bom, nós vimos e provamos que as 3 grandes causas do ganho de peso são:

  • Insulina
  • Resistencia a insulina
  • Cortisol

Vimos também que nenhum método, dieta ou receita mirabolante irá funcionar a longo prazo se não tratar destas causas diretamente.

A má notícia é que 99% das pessoas não têm a mínima idéia disso que te passei ao longo desta série de 3 partes e se formos considerar o Brasil em si, menos gente ainda sabe disso. Porém, agora espero que você mantenha isso em mente e possa se proteger mais das balelas que são ditas por aí.

trianguloPara os que precisam emagrecer urgentemente, espero que o que mostrarei logo possa solucionar isso.

Você irá ter a oportunidade de finalmente conquistar o seu peso ideal, boa forma e saúde de ferro, talvez até pela primeira vez na vida, com a estratégia mais avançada e comprovada da atualidade que ataca estas 3 causas do ganho de peso AO MESMO TEMPO.

Porém, não quero dar todos os detalhes agora…

Prometo que compartilharei tudo com você em detalhes logo logo. Fique de olho no seu email.

 

No mais, espero que tudo isso possa ter te ajudado a entender claramente o porquê de você estar acima do peso e sempre ter tido dificuldades para emagrecer permanentemente.

Fique de olho no seu email porque boas notícias estão vindo na sua direção.

Um grande abraço,

Rodrigo

Mais alguns resultados REAIS de pessoas REAIS como eu e você:

test-foto-7

test-foto-8

test14 test15

Referências

[1] “Hyperinsulinemia is not a cause of cortisol-induced hypertension” – http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/7917157 (acesso 26/05/2015)

[2] Cushing Disease – https://www.nlm.nih.gov/medlineplus/ency/article/000348.htm (acesso 26/05/2015)

[3] “Effects of prednisone withdrawal on the new metabolic triad in cyclosporine-treated kidney transplant patients” – http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/12371987 (acesso 26/05/2015)

[4] “Addisons disease” – http://www.medicinenet.com/addison_disease/page5.htm (acesso 26/05/2015)